água-cidade: pedra bonita

Era menino, um tanto mais do que sou hoje.
A cor escura, escura, escura, da cor da pele de Lúcia contrastava com a parede branca e os tapetes de crochê feitos pela minha mãe: os móveis eram sempre banhados de um líquido viscoso para itens de madeira. O cheiro de sábado invadia a casa sob o som de alguma música que integrava a trilha sonora do filme Flash Dancing. A fita cassete era então colocada em seu lado B para dar continuidade aos cheiros de desinfetante, água sanitária, a roupa com água e sabão; a fritura, o feijão, o arroz. A TV ligada, vinte e nove polegadas, e eu não a escutava bem o suficiente. O controle retangular com botão de ligar, bem ali, em sua cor que um dia foi vermelho, sempre no ringue: meu irmão e eu precisávamos, sim, sempre, disputar pela programação televisiva. Por vezes, hoje consigo ver, apenas por pirraça, mesmo quando os interesses eram afins.
Sob a robusta tela, um móvel feito sob medida comportava também um aparelho receptor e um tocar de fitas VHS, o qual permanecia imóvel sobre as tiras de madeira.

Pra mim, o dia sempre começava mais intenso, menos desgastante, menos atarefado. Lá, sobre a cama de madeira de lei, ali mesmo, minha mãe deitava após todo o roteiro programado para a manutenção das casa.

Por vezes, apenas algumas, eu a vi dançar entre uma tarefa e outra.

 

Anúncios

0 Responses to “água-cidade: pedra bonita”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Twitter do KM

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Fala que eu te ovo!


%d blogueiros gostam disto: